quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Werner Georg Faulstich

Meu grande Faulstich


Werner Georg Faulstich 1918-2011
Ê vozinho, 
tão amado e admirado.
Saudade já é dura.
Teus olhos, 
tua risada
tua presença
a marcenaria
as palavras
a conversa na varanda
os domingos na igreja
o pãozinho quente pela manhã
O Jardim de sua amada Maria
Só Deus para confortar nossos corações.
Vive para sempre em meu coração.
Obrigada por tudo, meu lindo, lindo vôzinho.
te amo!

Vô Werner em Mauá-RJ - Em busca das raizes

Um comentário:

Simone Faulstich Silva Neves disse...

Saudades...Muitas saudades! Fico lembrando de várias cenas da infância ao tempo que morei com o vovô... A última vez que estive com ele (julho/2010) pressenti que não o veria mais... Louvo a Deus pelo grande exemplo de cristão que ele me deixou: orava e lia a Bíblia TODAS as madrugadas, era capaz de tirar a roupa do corpo para acudir um necessitado, sua porta vivia cheia de pedintes que ele fazia questão de atender pessoalmente... Aprendi muito com meu avô e sou muito grata a Deus por isso!