sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Semeando



Tolice se recusar a semear
imaginando que lhe roubarão as flores;

As flores não nos pertencem 
assim como as sementes;

Somos instrumentos de semeadura
semeamos cores
semeamos amor
semeamos luz.

Se recusamos a semear 
outros o farão
Borboletas passaros esquilos....

O que nos cabe é atitude
decidindo com o coração.

Retire toda avareza
Permita-se tingir de cor
E banhar-se de amor.

Ingrid faulstich


Nenhum comentário: