segunda-feira, 11 de outubro de 2010

É tempo

Um comentário:

Anônimo disse...

voar como a águia - Alda Célia

É tempo de quebrar cadeias, restaurar
E a Deus somente adorar
Dele vou depender
Sua face eu vi!
E o mesmo nunca mais serei!
A luz brilhou, e eu posso ver
A verdade libertou todo o meu ser.

Vou voar como a águia
Vou dançar como o vento
Vou fluir como o rio
E cantar como os anjos
Escalar a montanha
E andar sobre as águas
Vou louvar como no primeiro amor
Pois eu vi a glória do Senhor!

Sacrifiquei meu tesouro,
Meu apoio natural
Não via mais meus pés, meu chão
Então Ele me deu asas pra voar!

O vento de Deus
Veio tirar toda cinza e soprou
Soprou sobre mim!
E o fogo recomeçou!


com apreço,

Angelo Márcio