domingo, 31 de outubro de 2010

Anjos em nossas vidas


"Anjo (do latim angelus e do grego ággelos (ἄγγελος), mensageiro), segundo a tradição judaico-cristã, a mais divulgada no ocidente, é uma criatura celestial, acreditada como sendo superior aos homens, que serve como ajudante ou mensageiro de Deus. (...) a crença corrente nesta tradição é que uma de suas missões é ajudar a humanidade em seu processo de aproximação a Deus." em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Anjo




"Amizade (do latim amicus; amigo, que possivelmente se derivou de amore; amar, ainda que se diga também que a palavra provém do grego) é uma relação afetiva, a princípio sem características romântico-sexuais, entre duas pessoas. Em sentido amplo, é um relacionamento humano que envolve o conhecimento mútuo e a afeição, além de lealdade ao ponto do altruísmo.
A amizade pode ter como origem, um instinto de sobrevivência da espécie, com a necessidade de proteger e ser protegido por outros seres. 
Muitas vezes os interesses dos amigos são parecidos e demonstram um senso de cooperação."


Anjo = mensageiro, ajudante, aproxima o homem de Deus.
Amigo = amor, lealdade, proteção e cooperação.


Considerando o significado destas duas palavras olho para meus amigos com novos olhos. 
Vejo meus amigos, novos ou antigos, semelhantes a anjos;
vejo em suas palavras, mensagens; 
em suas ações, ajuda e proteção; 
em seu carinho, amor e lealdade.


Quero ser uma boa ajudante para quem Deus coloca em meu caminho;
quero honrar os que me apoiam em minha trajetoria;
quero agradecer todo cuidado e carinho;
quero retribuir.


Peço a Deus sabedoria, peço a Deus amor.


Que sejamos todos como anjos;
sejamos amigos;
sejamos amor.




*Dedico este post aos meus amigos, em especial ao meu novo amigo "anjo"

Comer, rezar, amar.


Acabei hoje a leitura. Muito bom!
Gosto de ler o livro antes de ver o filme, pois dá pra curtir e aproveitar mais.

Independente da crença de cada um, é uma grande lição de que nossa jornada neste mundo é individual, exclusiva e surpreedente.
Devemos ter bem claro algumas coisas como: quem somos, no que acreditamos e qual caminho estamos trilhando. E se não temos isso bem definido devemos buscar profundamente.

Guias, mapas, disposição e coragem. Vambora caminhar...





quinta-feira, 28 de outubro de 2010

A docilidade diante do que é adverso...

"A docilidade diante do que é adverso é sinal de maturidade emocional,
de que a pessoa renunciou a qualquer pretensão de onipotência e que
 conseguiu reconhecer-se como pequena diante do Universo.
 .
Implica boa tolerância a frustrações e contrariedades.
.
Pessoas imaturas reagem com raiva e revolta diante das adversidades,
.
enquanto as mais maduras ficam apenas tristes.
.
Aceitam que as coisas ruins também podem acontecer com elas."


Flavio Gikovate - no livro Superdicas para viver bem e ser mais feliz

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Tocando em Frente



Tocando em Frente
Composição: Almir Sater e Renato Teixeira



Ando devagar
Porque já tive pressa
Levo esse sorriso
Porque já chorei demais

Hoje me sinto mais forte,
Mais feliz, quem sabe,
Só levo a certeza
De que muito pouco sei,
Ou nada sei

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs
É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir

Penso que cumprir a vida
Seja simplesmente
Compreender a marcha
E ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro
Levando a boiada
Eu vou tocando os dias
Pela longa estrada, eu vou
Estrada eu sou
Todo mundo ama um dia,
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
E no outro vai embora


Cada um de nos compõe a sua historia
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz


Ando devagar
Porque já tive pressa
Levo esse sorriso
Porque já chorei demais

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Seja Estúpido!

Vamos ouvir mais o coração e a imaginação, sejamos estúpidos!!!

Espertos veem o que é isto, Estúpidos veem o que isto pode ser!

Espertos escutam a cabeça, Estúpidos escutam o coração!

Seja Estúpido! Campanha Diesel

sábado, 2 de outubro de 2010

A Casa e o Jardim de Inverno

O Homem é como uma casa - com varias janelas, uma ou duas portas externas, algumas portas internas e um jardim de inverno.

Há os que constroem a casa como um galpão, uma residência inacabada e sem divisórias onde deixam conviver tudo misturado, onde se estabelece uma anarquia total, coisas que se perdem, setores que crescem sem controle, um mais que o outro e muitas vezes um sufocando o outro. Isto te lembra algo? De repente aquele momento em que deixou o trabalho crescer demais e deixou a família num espaço pequenininho imprensada no canto da parede ou quando concentrou tanto nas brigas de família que descuidou da saúde...

A casa pode ter alguns cômodos básicos como: Família, saúde, amigos, trabalho. Ou até ser mais diversificada. Há os que constroem muitos cômodos, bem distribuídos ou não. Aí o que vai contar são as portas e janelas. Qual a medida para o acesso? Portas abertas ou fechadas? E as janelas o que mostram e o quanto de luz deixam entrar?


Mas em todas tem um local especial, ali no miolinho da casa: o jardim de inverno. Ali se acomodam o coração e o espírito. É onde você planta suas sementes. Você que dosa a entrada das espécies ...


O cuidado tem que ser constante senão o mato e as ervas daninhas crescem e te sufocam. Quais são as sementes que tem plantado? Ou será que tem deixado que outros semeiem espécies estranhas sem distinção?


Ingrid Faulstich