quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

"Viver não dói. O que dói, / ferindo fundo, ferindo,/ é a distância infinita/ entre a vida que se pensa / e o pensamento vivido." Emílio Moura (1902-1971)

"A palavra localiza-se convenientemente entre o pensamento e a ação e com freqüência substitui ambos." John Andrew Holmes (1823-1872)

"Chego a chorar manso de tristeza./ depois levanto e de novo recomeço."Clarice Lispector (1920-1977)


Freqüentemente descobrimos nas palavras de outras pessoas e de outros tempos a tradução do que nos vai na alma.

Nenhum comentário: