sábado, 22 de dezembro de 2007

Hoje descobri uma coisa óbvia

Hoje descobri uma coisa óbvia: nunca aprendemos algo, mesmo, sem que antes passemos por uma prova. Há provas de todo tipo para todo tempo. Há a prova para saber quem você é, qual caminho deve seguir, qual o seu papel, oque deve fazer, como fazer entre milhares de outros testes que borbulham na nossa frente sem descanso.
Mas bem que essas provas poderiam vir com uma etiquetinha: “você recebeu tal lição hoje, agora este é o teste para saber se você captou a mensagem”. Mas não, na verdade você recebe tantas lições diariamente que você nem sabe que as recebeu, muito menos que será provado a qualquer instante.
Você nunca saberá se está com insônia antes que role sem cessar na cama e não consiga pregar o olho. Assim é na vida, você recebe milhares de dicas do que é certo e errado que nem percebe, mas é na hora do aperto, quando se vê cara a cara com a dúvida a angústia e etc e tal, que você realmente aprende ou descobre oque aprendeu. E são estes aprendizados os que te marcam, fazem oque você é. Por mais que se leia sobre experiências de outras pessoas você não vai entender, realmente, na essência, oque é antes que você viva a tal experiência.
Eu sei que parece um tanto óbvia esta colocação, mas é importante para os momentos em que nos perguntamos: “por que eu?”
“Por que caí da bicicleta e me machuquei?” - para aprender o modo certo de se pedalar. “Por que tirei nota baixa em tal exame?” – para aprender a ter compromisso e estudar mais (eu sei que pode ter outros motivos, mas este pode ser um deles). “Por que ando tão sozinha sem ninguém pra me desabafar?” - pode ser que você possa ser a única opção de apoio para uma outra pessoa, e deva aprender o valor de se oferecer primeiro a mão.
Há diferenças entre pensar que tal coisa funciona de tal modo e saber que ela funciona de tal modo. Vivemos cheios de teorias, mas o quanto estamos realmente aprendendo com as lições de Deus e da Vida?
Com que atenção estamos olhando para nossa vida, e com qual foco? Será que só olhamos pro nosso próprio umbigo e para como achamos que deve ser a vida e como as pessoas deveriam estar agindo conosco?
Já parou para se observar e analisar? Pense melhor sobre como esta levando sua vida


Parece óbvio, mas você só vai se conhecer de verdade quando estiver disposto a encarar o que é de verdade.Para os que estão à nossa volta, somos a irmã, tia, filha amiga, subordinada, chefe... Trilhões de coisas, mas pra gente somos sempre alguém que está começando algo e não nos damos conta do que construímos em nós mesmos, se bobear deixamos nosso tesouro de experiências debaixo de uma imensa camada d pó por falta de uso.

Nenhum comentário: